Close

ÍNDICE DE CIDADES 

EMPREENDEDORAS

2016

O que faz uma cidade ser boa para empreender? Descubra no Índice de Cidades Empreendedoras, o principal estudo sobre o ambiente de negócios nas cidades brasileiras.

Capital Humano

Há profissionais qualificados?

Quem é empreendedor sabe: crescer, inovar e gerar empregos não é um trabalho que se faz sozinho. 

Tão importante quanto uma ideia de negócio é o palco em que essa história é construída: nossas cidades.

Mas será que elas oferecem as condições para que os empreendedores desenvolvam todo o seu potencial?

Para ajudar a responder essa pergunta nasceu o Índice de Cidades Empreendedoras, um grande raio-X do ecossistema 

empreendedor do Brasil, que chega à sua terceira edição em 2016. 


Comparando o ambiente de negócios de 32 cidades,  o ICE aponta as melhores cidades para se empreender a partir da análise de 60 indicadores distribuídos em 7 pilares. São os fatores que mais impactam a vida do empreendedor:

Infraestrutura

Quais as condições urbanas e logísticas?

Ambiente Regulatório

Qual o custo e a complexidade da burocracia?

A combinação desses fatores cria cidades que crescem, inovam, geram empregos e multiplicam 

empreendedores que transformam o Brasil. 


Quer saber se a sua cidade é uma das melhores para se empreender no país?

Veja o resultado do ICE 2016.

Acesso a Capital

Se necessário, o empreendedor pode contar  com bancos e investidores? 


O que faz uma cidade ser boa 

para empreender?

Mercado

Há clientes potenciais?

Quão grande é o mercado?


Inovação

Há incentivos para criar inovação?

Cultura Empreendedora

A população tem atitudes empreendedoras?

ÍNDICE DE CIDADES

EMPREENDEDORAS 2016

Os grandes destaques de 2016

Neste ano, o interior se destaca ainda mais.  Se há um descolamento maior da líder São Paulo, é inegável que o interior do Sul e Sudeste aparece cada vez mais forte.

A CRISE PARA O BEM

E PARA O MAL

SÃO PAULO,

CIDADE E ESTADO LÍDERES

O INTERIOR AINDA

MAIS FORTE

Empreendedores não ficam ilesos a crise.  Mas quem conseguiu inovar e buscar o mercado externo pode estar saindo dela melhor do que entrou.

A capital paulista obteve pelo segundo ano consecutivo a liderança do ICE, e todas as cinco cidades do estado no estudo aparecem entre as 10 melhores.

CIDADÃO

EMPREENDEDORES

Use o relatório como uma ferramenta de gestão para o planejamento de novas políticas públicas, que favoreçam o desenvolvimento de ambientes de negócios mais empreendedores.


Faça do relatório uma ferramenta de monitoramento do impacto da sua organização e gestão da mudança, aperfeiçoando sua estratégia de atuação para atender aos pilares mais sensíveis no posicionamento da sua cidade no ranking.


Faça essas informações chegarem ao maior número de pessoas da sua cidade! Compartilhe em redes sociais, associações comerciais e grupos dos quais você faz parte, além de dividir essas descobertas com as lideranças locais da sua cidade.


Se você ainda não abriu o seu negócio, compare o desempenho de cada cidade pelos pilares apresentados. Descubra quais são os pilares mais sensíveis para o crescimento da sua empresa e quais cidades o beneficiam, com características como acesso a capital, capital humano e qualquer outra necessidade mais específica.


Vamos colocar os resultados do ranking no megafone para que ele seja motor de mobilização! Compartilhe os resultados da sua cidade pelas redes sociais, com os amigos e líderes locais. A cada compartilhamento, temos a chance de levar essas descobertas ainda mais longe. Se você deseja se envolver ainda mais nesse movimento, conheça a Rede Global do Empreendedorismo e procure o Comitê local da sua cidade.


O ICE dá voz e sustentação dos principais debates sobre ambientes de negócios no Brasil, pautando a discussão, influenciando a opinião pública e prestando serviço para a população a partir da informação e das descobertas do estudo.

Como você pode usar esse relatório

SETOR PÚBLICO

FUTUROS

EMPREENDEDORES 

ORGANIZAÇÕES DE FOMENTO

MÍDIA

ÍNDICE DE CIDADES

EMPREENDEDORAS

2016